Os amantes estão perdendo

Percebo que hoje em dia está se propagando a idéia de que namorar é démodé (fora de moda).Vejo pessoas entrando e saindo de uma relação, como se pulassem de postes de luz a outro em uma rua escura, sem se importar onde esse caminho possa levar.

  • Será que estamos nos tornando tão auto-suficientes a pensar que não precisamos mais um dos outros?
  • Ou será que a ferida de um amor perdido foi tão grande que simplesmente resolvemos fechar os olhos?

Conheço outros, poucos, que sempre estão com alguém e dizem que não se sentem completos vivendo sozinhos.

Eu admito que não sei a quem dar razão. Ao ver daqui, me parece que as duas opções são muito boas, mas eu tenho que me declinar alguns centímetros para a idéia de viver só pra você. Afinal por que se envolver com alguém que não vai te levar a sério? Olhando por esse lado realmente faz sentido…

Gosto de pensar que a cultura fast-food tem alguma parcela de culpa nisso tudo, queremos mais sensações diferentes no menor tempo possível e não dá para conhecer e ficar com outras pessoas se você está comprometido com alguém (se você é correto e não trai, claro.)

Só que um dia o pinto cai, o peito murcha, a barriga aparece e ai, o que sobra? Incontáveis orgasmos com pessoas que você nem lembra o nome?  Desculpa, mas não dá… para mim isso parece muito pouco.

Eu entendo que esquecer alguém que se amou muito é como desistir de uma parte de você, de sonhos, desejos e isso dói demais… só que o medo de se magoar novamente vem de querer proteger mais os seus sentimentos do que o do outro, e pra mim gostar é exatamente o contrário disso.

Se entregar a alguém envolve riscos, não é fácil, se expor sem joguinhos, sem ameaças, é como ficar nu em frente da pessoa pela primeira vez, mas se o for necessário pra ser feliz, com certeza vale a pena!

Termino esse post pensando que talvez toda dor tenha um significado e tudo que passamos sirva para nos levar a situações melhores e principalmente pessoas melhores, para que assim, depois que tudo isso acontecer, teremos (com certeza) “a sorte de um amor tranqüilo.”

Anúncios

Sobre André Nery

André Nery, formado em Publicidade e Propaganda com ênfase em Marketing pela Unaerp de Ribeirão Preto em 2009. A experiência que adquiri até o momento foi como Design, que embora aprecie muito, tenho afinidade, interesse e disponibilidade para atuar nas demais áreas da Publicidade. Ver todos os artigos de André Nery

7 respostas para “Os amantes estão perdendo

  • Pri

    Que lindo!
    Acho que o que penso é por aí. Eu acredito que os extremos é que não são legais, se vc não consegue viver sem alguém, se sozinho pra vc é a morte ou se vc não consegue se prender a ninguém, se entregar de cabeça em um amor, algo está errado, de tudo, o melhor é o meio termo. Temos que nos amar e saber ser felizes sozinhos, mas amar alguém não nos impede de amarmos a nós mesmos =)
    Mandou bem, André.
    Bjs

  • Fefa

    Ande…simplesmente disse tudo agora!…O cuidado que devemos ter é nunca cair nestes extremos…amar é muito bom…mas AMAR demais…ou AMAR de menos…é triste demais…AME mas como tudo na vida…para ser perfeito deve ser SEMPRE…na medida certa!…E sejamos muito felizes…ou melhor…FELIZES…na medida certa 🙂
    Parabéns…adorei o post!…
    BJos!

  • Estevez

    Gostei muito do seu post André, mandou bem!! Ele me fez lembrar de um congresso que fui onde discutiram mais ou menos esse tema. Nós estamos em uma sociedade que prega tanto o individualismo que acaba se tornando muito difícil poder ceder em uma relação. Mas um namoro é exatamente isso: saber ceder. Como a Pri falou, temos que ter um meio termo… mas temos que aprender a saber ceder. Numa relação, os defeitos de cada um duelam-se constantemente, e cabe a cada um aceitar o defeito do outro de forma que não nos machuque e elimine nossa personalidade. E isso é possível, basta o casal ser sincero um com o outro e sempre permitir ceder um pouco.
    Nossa sociedade é a dos desejos rápidos, queremos tudo de forma ágil e de preferência sem muito trabalho. E numa relação é justamente a construção que faz toda a diferença. E isso requer tempo e paciência. Mas vale a pena, principalmente porque o sabor é bem melhor!!!
    Vemos um imenso paradoxo… as pessoas querem relações de satisfação instantânea, mas ao mesmo tempo sonham com o amor pra vida toda (pode perguntar, a maioria das pessoas querem um relacionamento sério). Mas poucos se abrem de coração para isso, e essa é a grande diferença.

  • André Nery

    Valeu pessoal! Eu também gostei muito desse texto!
    Realmente amor é um assunto muito complexo que não dá para defini-lo em poucas linhas, mas acredito que a cada relação (amorosa ou não) aprendemos um pouco mais!
    E foi justamente pensando em todas as minhas relações que pude escreve-lo, realmente é muito importante balancear entre as exigências e as coisas que você vai ceder, mas acho que o mais importante é você querer se entregar de verdade! Tenho certeza que todos nós estamos pelo menos um passo a frente pensando assim =]

  • Corram para o Mc Donalds! «

    […] eu disse no texto “Os amantes estão perdendo”, queremos mais sensações diferentes no menor tempo possível e isso vem dessa cultura, o […]

  • Amanda

    3 anos com uma pessoa me fez questionar muitas coisas. Namoro é uma via de mão dupla, ou seja, é necessário que ambos cedam e não necessariamente 100%, deve – se saber até que ponto as coisas são legais ou não!! Hoje vejo as pessoas trocando de namorado como trocam de roupa e outras que se entregam tão profundamente em um relacionamento que não sabe medir o quão bem ou mal isso pode causar.
    Parabéns pelo texto!!!

  • Joanilson

    Rocky Balboa dizia algo desse sentido: “para vencer, não importa o quanto vc bate mas sim o quanto vc consegue apanhar”.
    Acho que os traumas servem para serem superados, vencidos e não podem de modo algum nos limitar e guiar a nossa vida.

    As pessoas deviam deixar as coisas fluirem, mas tem gente que mesmo gostando de alguém não quer namorar, pq não quer “responsabilidade”. O namoro adquire o grau de responsabilidade que vc designa para ele.

    Belo texto,
    abraço

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: