Qual é a realidade que você vive?

fake orkut comunidades fuga da realidade blog não pense

Sempre encarei com certa naturalidade os meios que o ser humano encontrou de fugir um pouco da realidade ao longo dos tempos. Em certos casos é até necessário saudável, pois nos faz sair daquela rotina frenética que vivemos. Por exemplo, ir ao cinema em dias que estou muito tenso ou estressado. Pego uma seção, compro uma pipoca e naquelas próximas 2H embarco em outra história.

O problema é o outro lado da moeda, quando a fuga da realidade vai ao extremo e o ser humano embarca em drogas e acontece toda aquela triste história que se repete todos os dias.

Mas a fuga sobre a qual eu quero escrever é a que a internet está nos proporcionando. Há um tempo li uma reportagem que falava sobre os fakes do Orkut (você teve um?). Para mim, a única utilidade real que eles tinham era poder fuçar visitar o perfil dos outros sem que aquilo ficasse registrado.

Ao ler a reportagem acabei descobrindo que muitas pessoas usam esses perfis para simular uma vida diferente da sua, como se fosse um “The Sims nas redes sociais”. Você monta o seu perfil, suas características, seus gostos e entra nas comunidades FAKES.

Pasme, são mais de 100! Nelas é simulado todo tipo de interação “social”, por ex. é marcada uma balada em um determinado horário, ai as pessoas chegam e começam a interagir escrevendo frases como “Cheguei e pedi uma cerveja” ou “entrei na boate e fui direto para a pista de dança.” (sério).

Não para por ai, existem comunidades FAKES de agências de emprego, namoro e de jornal contando as última novidades desse mundinho.  Acredito que  podemos considerar que isso é só uma nova forma de interação criada, o problema é quando essa “vida virtual” extrapola.

fake orkut fuga da realidade the sims blog não pense

Minha teoria é que uma hora ou outra a pessoa terá que escolher entre um compromisso na internet e um na vida real, entre sair com amigos de verdade ou sair virtualmente com os amigos fakes. Qual será a mais cômoda? Se essa pessoa estiver passando por uma fase ruim ela vai acabar se voltando mais para a internet, será sua fuga daquela realidade que não consegue administrar e isso pode virar um hábito.

Não estou aqui para julgar, cada um encontra o melhor meio de viver uma vida plena e na maior parte feliz, mas é preciso ficar vigilante quanto a esses casos. Ser algo que você não é pode camuflar os problemas mas nunca irá solucioná-los.

Se você quer uma vida completa vai atrás do que te faz bem e encare de frente as dificuldades que vierem. Sei que falar é mais fácil do que fazer, mas optar por viver uma mentira nunca será o melhor caminho.

“É melhor tentar e falhar que se preocupar e ver a vida passar. É melhor tentar, ainda que em vão, que se sentar fazendo nada até o final”.

Anúncios

Sobre André Nery

André Nery, formado em Publicidade e Propaganda com ênfase em Marketing pela Unaerp de Ribeirão Preto em 2009. A experiência que adquiri até o momento foi como Design, que embora aprecie muito, tenho afinidade, interesse e disponibilidade para atuar nas demais áreas da Publicidade. Ver todos os artigos de André Nery

2 respostas para “Qual é a realidade que você vive?

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: